Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

Acusadas 13 funcionários da segurança social

Suspeitos de corrupção e branqueamento de capitais.
Lusa 18 de Novembro de 2015 às 15:30
Segurança Social
Segurança Social FOTO: Tiago Sousa Dias

O Ministério Público acusou 13 pessoas de corrupção e uma empresa de branqueamento de capitais, no processo que envolve funcionários da Segurança Social de Lisboa, segundo o despacho de acusação a que a Lusa teve acesso.

O coordenador do serviço de atendimento do Areeiro do Centro Distrital de Lisboa da Segurança social, António Botelho, está acusado de 28 crimes de corrupção passiva e quatro crimes de falsificação de documentos, alguns dos quais em coautoria com outros arguidos.

Em causa no processo estão os crimes de manipulação do sistema informático da segurança social, para anulação de dívidas de empresas, aumentos virtuais dos valores de pensões de reforma e atribuição fraudulenta de subsídios de desemprego, mediante recebimento de dinheiro.

Ministério Público Segurança Social de Lisboa política
Ver comentários