Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto

Agentes funerários libertados

Os agentes de três funerárias de Portimão e Lagos e os funcionários do Hospital do Barlavento Algarvio (HBA), detidos quarta-feira por suspeitas de corrupção, saíram esta sexta-feira em liberdade, mediante o pagamento de uma caução.
19 de Agosto de 2005 às 16:32
Os suspeitos, que foram interrogados no Tribunal de Portimão, ficaram obrigados a pagar uma caução cujo valor não foi revelado.
A operação «Sossego», desencadeada pelo Departamento de Investigação Criminal de Portimão, permitiu, além da detenção de vários responsáveis de agências funerárias de Portimão e Lagos e funcionários do HBA, a apreensão de diverso material não especificado.
De acordo com a PJ, foram efectuadas diversas buscas e detidas várias pessoas que, a troco de dinheiro, recolhiam e forneciam informações confidenciais que permitiam chegar rapidamente aos familiares de falecidos naquele hospital.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)