Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
4

Ajuda externa: PS acusa Governo de ter "agenda escondida" e novos cortes nas pensões

13 de Abril de 2014 às 12:05

O PS acusou hoje o Governo de ter "uma agenda escondida" e de ter "preparados cortes que não está a divulgar aos portugueses" em relação à nova fórmula de cálculo das pensões, comentando um documento da Comissão Europeia.

"A cada dia que passa há mais provas de que há uma agenda escondida. Não sei se tem a ver com o calendário eleitoral ou com o facto de haver eleições europeias no dia 25 de maio, mas a verdade é que o Governo tem preparados cortes que não está a divulgar aos portugueses", afirmou hoje à Lusa Óscar Gaspar, dirigente nacional do PS, comentando um documento da Comissão Europeia que terá sido entregue à Assembleia da República.

No documento, que é uma proposta de decisão de execução do Conselho Europeu para a aprovação final da 11.ª avaliação regular ao Programa de Ajustamento Económico e Financeiro (PAEF) e que foi hoje divulgado pela imprensa, está escrito que o Governo terá de realizar "uma reforma global do regime de pensões", que deverá incluir "medidas a curto prazo".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)