Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
4

Al-Sisi: Não haverá "nenhuma clemência" para quem cometer atos de violência

Presidente egípcio, eleito com 96,9% dos votos, tomou posse perante o Tribunal Constitucional um ano depois de ter destituído e detido o antecessor, o islamita Mohammed Morsi.
8 de Junho de 2014 às 20:31

O novo Presidente do Egito avisou este domingo, horas depois de ter prestado juramento, que não haverá "nenhuma clemência" para quem cometa atos de violência no país.

Num discurso à Nação transmitido pela televisão, Abdel Fattah al-Sisi prometeu trabalhar em prol da reconciliação, mas não com aqueles que "derramaram sangue". O Presidente egípcio frisou que não haverá "nenhuma clemência e nenhumas tréguas para quem recorre à violência".

Abdel Fattah al-Sisi referiu que procura a tolerância, exceto com "os que cometeram crimes ou usaram a violência como uma ferramenta".

 

Egito Abdel Fattah Al-Sisi nenhuma clemência atos violência
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)