Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
2

Alberto Costa considera "grave" silêncio de Seguro e Belém sobre incidentes de Ermesinde

De acordo com o deputado socialista, os episódios ocorridos em Ermesinde "têm a gravidade de virem do interior do PS".
23 de Junho de 2014 às 17:56

O deputado socialista Alberto Costa considerou hoje "grave" que a presidente e o secretário-geral do PS ainda não tenham condenado publicamente os incidentes ocorridos com António Costa no final da Comissão Nacional de domingo.

No final da Comissão Nacional do PS, que se realizou em Ermesinde, concelho de Valongo, dezenas de populares aplaudiram o secretário-geral, António José Seguro, quando saiu da reunião, mas depois, alguns deles, insultaram o presidente da Câmara de Lisboa.

Para Alberto Costa, ex-ministro da Administração Interna e da Justiça dos governos de António Guterres e de José Sócrates, são "inaceitáveis e graves os insultos e tentativas de agressão a António Costa".

Alberto Costa considera grave silêncio Seguro Belém incidentes Ermesinde
Ver comentários