Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
6

Alegações finais de julgamento de médica e operadores do INEM por homicídio negligente

Caso do maestro Fernando Correia Martins.
8 de Julho de 2014 às 08:23

As alegações finais do julgamento de uma médica e de dois operadores do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), acusados de homicídio negligente, no caso do maestro Fernando Correia Martins, começam esta terça-feira nos Juízos Criminais de Lisboa.

Na investigação, o Ministério Público (MP) concluiu ter ficado provado que a morte do maestro, ocorrida em 2009, se ficou a dever à falta de auxílio médico adequado, após a sua mulher, Olívia, ter feito vários telefonemas para o 112 a pedir auxílio e transporte para o marido.

Segundo o MP, os operadores do INEM disseram, com o conhecimento da médica, à mulher do maestro para chamar os bombeiros para transportar o doente, que estava com fortes dores no peito e com vómitos.

Só com o agravamento do estado de saúde do maestro é que o INEM realizou o transporte do doente para o Hospital de São José, onde o paciente, com 72 anos, acabou por morrer, hora e meia depois dos primeiros pedidos de socorro.

médica INEM alegações finais maestro fernando correia martins homicídio negligente
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)