Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
7

ALIADOS ATINGEM MATERNIDADE

O raide aéreo das forças aliadas levado a cabo esta manhã em Bagdad atingiu uma maternidade do Crescente Vermelho - uma organização equivalente à Cruz Vermelha -, localizada no centro da capital iraquiana, e edifícios civis, provocando várias morte e pelo menos 25 feridos, segundo testemunhas citadas pela agência noticiosa Reuters.
2 de Abril de 2003 às 14:47
Durante o bombardeamento foi atingido mais um dos complexos presidenciais de um dos filhos de Saddam Hussein. Testemunhas afirmam que uma grande coluna de fumo, com origem num dos palácios, é visível a partir de vários locais da capital iraquiana.
Os ataques, ocorridos cerca das 9h30 locais (6h30 de Lisboa), atingiram parte de um edifício comercial, onde se situa a maternidade, que está localizado perto dos escritórios do departamento de segurança do governo iraquiano. Segundo testemunhas, o edifício governamental foi totalmente destruído pelos bombardeamentos desta manhã.
Na maternidade, pelo menos três médicos e enfermeiras ficaram feridos durante as explosões que causaram ferimentos em mais de duas dezenas de pacientes. Os bombardeamentos desta manhã causaram ainda a morte de, pelo menos, cinco civis que seguiam em viaturas pelo centro da cidade.
As explosões desta madrugada também castigaram a zona sul da capital iraquiana, onde, alegadamente, se esconde a Guarda Nacional Republicana, segundo as tropas aliadas que apontam como bases das forças do regime de Bagdad as periferias oeste e noroeste.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)