Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto

Exército não realizou estudo sobre segurança da central nuclear espanhola de Almaraz

Garantia dada pelo ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva.
Lusa 16 de Maio de 2017 às 18:14
O ministro dos Negócios Estrangeiros português, Augusto Santos Silva
O ministro dos Negócios Estrangeiros. Augusto Santos Silva
Augusto Santos Silva
O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva
Augusto Santos Silva
O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva
O ministro dos Negócios Estrangeiros português, Augusto Santos Silva
O ministro dos Negócios Estrangeiros. Augusto Santos Silva
Augusto Santos Silva
O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva
Augusto Santos Silva
O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva
O ministro dos Negócios Estrangeiros português, Augusto Santos Silva
O ministro dos Negócios Estrangeiros. Augusto Santos Silva
Augusto Santos Silva
O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva
Augusto Santos Silva
O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, clarificou esta terça-feira, no parlamento, que o exército português "não realizou nenhum estudo sobre a segurança" da central nuclear espanhola de Almaraz, em 2010.

Augusto Santos Silva, que falava na comissão parlamentar de Ambiente e Ordenamento do Território, reagiu a uma notícia hoje divulgada pela Rádio Renascença, segundo a qual "o Exército simulou como Portugal seria afetado em caso de acidente grave na central nuclear espanhola", num "estudo feito em 2010".

O chefe da diplomacia portuguesa, que está a ser ouvido no parlamento a propósito da central nuclear de Almaraz a pedido do BE e do PEV, assinalou que "o Exército não realizou nenhum estudo sobre a segurança de nenhuma central nuclear", incluindo a de Almaraz.

Almaraz segurança. central nuclear exército espanha
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)