Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
5

Amnistia Internacional desafia candidatos às eleições no Zimbabué a promover direitos humanos

Lusa 10 de Julho de 2018 às 10:39

A Amnistia Internacional defendeu hoje que os candidatos e partidos políticos no Zimbabué devem romper com o regime de Robert Mugabe e colocar nos seus programas para as eleições de 30 de julho o respeito e proteção dos direitos humanos.

Num documento publicado hoje intitulado "Romper com o Passado", a organização não-governamental fez sete recomendações, nomeadamente o fim da pena de morte, das perseguições políticas que resultavam no desaparecimento, tortura e morte de opositores e o fim da impunidade das forças de segurança.

Pede também que acabem os despejos forçados, apela à liberdade de expressão e de associação, ao respeito pelos tratados regionais sobre os direitos humanos e pede maior atenção para políticas de saúde para mulheres e jovens.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)