Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
5

Anacom quer garantir "respeito integral pela sua autonomia" e rever preços até 2021

Lusa 24 de Novembro de 2018 às 10:14

A Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom) quer, no próximo triénio, assegurar o "respeito integral pela sua autonomia" na relação com as operadoras de telecomunicações e admite rever os preços de acesso a condutas e postes e da TDT.

Em causa está o plano de atividades do regulador para o triénio 2019-2021, em consulta pública até 17 de dezembro.

Em resposta escrita enviada à agência Lusa, o presidente da Anacom salienta que "importa fortalecer e responsabilizar a regulação em Portugal, através do respeito integral pela sua autonomia, isenção e independência e da exigência de um cumprimento rigoroso da sua missão".