Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
2

Angola ainda vive os efeitos da crise económica minimizadas graças a tomada de medidas pertinentes - PR

Lusa 28 de Dezembro de 2017 às 13:50

O Presidente angolano disse hoje que o país ainda está a viver os efeitos da crise, que só não foram mais graves "porque em tempo oportuno foram tomadas medidas pertinentes para reduzir o seu impacto".

Na sua mensagem de Ano Novo, João Lourenço disse que são necessários dar "com alguma coragem e determinação novos passos em frente, vencendo os constrangimentos ainda existentes e encarando com realismo novos desafios", para a efetiva diversificação da economia angolana.

Angola vive uma crise económica e financeira desde finais de 2014, com a baixa do preço do barril do petróleo no mercado internacional, tendo apostado para sair dela na diversificação da sua economia ainda muito dependente das receitas do crude.