Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
7

António Costa aceita debates com Seguro quando terminarem os ataques pessoais

Presidente da Câmara Municipal de Lisboa apelou para que o debate interno decorra "com muita serenidade".
22 de Junho de 2014 às 16:46

O dirigente socialista António Costa afirmou este domingo que aceitará debates com António José Seguro quando os apoiantes do atual líder abdicarem de "ataques pessoais" e o PS entrar numa fase de maior serenidade interna.

"Há pessoas que às vezes se exaltam, mas temos de dar o exemplo de serenidade", contrapôs o presidente da Câmara de Lisboa num momento em que tinha à sua volta cerca de uma dezena de pessoas a gritarem por "Seguro" e a mandarem-no para Lisboa. Questionado sobre quando aceita debates públicos com o atual secretário-geral do PS, António José Seguro, António Costa advogou que primeiro é preciso concluir o processo de preparação das eleições primárias.

António Costa falava aos jornalistas no final da Comissão Nacional do PS, ocasião em que fez um apelo para que o debate interno decorra "com muita serenidade".

Ver comentários