Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
7

António Costa diz não se conformar com "vitórias pequeninas"

Para o dirigente socialista, as eleições europeias foram "muito claras" e disseram que o tempo deste Governo e das atuais políticas "chegou ao fim".
22 de Junho de 2014 às 21:17

O presidente da Câmara de Lisboa, António Costa, afirmou este domingo no Porto que não se conforma com "vitórias pequeninas", numa alusão às eleições europeias, argumentando que quem se conforma não quer fazer diferente no Governo.

"Eu não me conformo com uma vitória pequenina porque quem se conforma com uma vitória pequenina é quem já se conformou em não querer fazer no Governo a diferença que é necessária para mudarmos de política", disse António Costa, no Centro de Congressos da Alfândega do Porto. Durante a apresentação da sua candidatura à liderança do PS, António Costa referiu que à "derrota histórica" da direita nas eleições europeias tem de corresponder uma "vitória histórica" do PS nas próximas legislativas, sob a liderança de quem os socialistas e simpatizantes escolherem.

Neste momento, segundo o presidente da Câmara de Lisboa, é "necessário" travar a atual recessão social, empobrecimento coletivo, esmagamento dos direitos dos cidadãos e política de confronto com a Constituição da República Portuguesa.

Política dirigente socialista PS presidente câmara Lisboa António Costa conformar vitórias pequeninas
Ver comentários