Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
6

Guterres não regressará à vida política ativa nacional

Garantia deixada pelo socialista.
Lusa 5 de Janeiro de 2016 às 12:15
António Guterres, antigo alto comissário das Nações Unidas para os Refugiados
António Guterres, antigo alto comissário das Nações Unidas para os Refugiados FOTO: EPA

O antigo primeiro-ministro socialista António Guterres excluiu esta terça-feira a possibilidade de regressar à vida política ativa nacional, afirmando que vai descansar e refletir sobre como aproveitar a sua experiência "para fazer alguma coisa de útil".

"Não vou voltar à vida política ativa nacional", afirmou António Guterres, que no final de dezembro terminou o mandato como alto comissário das Nações Unidas para os Refugiados, cargo que ocupou durante dez anos.

Guterres falava em Lisboa, à margem da sessão de abertura do Seminário Diplomático, durante a qual refletiu sobre o "Deslocamento forçado como sintoma da situação internacional", naquela que foi a sua primeira intervenção pública após o regresso "à vida normal", como mencionou.

Questionado pelos jornalistas sobre o seu futuro, o antigo primeiro-ministro socialista disse que pretende "descansar algum tempo" e que vai aproveitar para "refletir".

"Vou, naturalmente, calmamente, refletir sobre a melhor maneira de aproveitar as experiências que tenho e as capacidades que tenho para fazer alguma coisa de útil", disse.

Guterres não respondeu à pergunta se pondera uma candidatura a secretário-geral da Organização das Nações Unidas.

António Guterres vida política Portugal política diplomacia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)