Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
2

‘Apito Dourado’: Boavista prepara defesa

João Loureiro manifestou “toda a disponibilidade” para colaborar com os actuais responsáveis do Boavista na defesa contra as acusações da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) referentes a três casos de corrupção.
2 de Abril de 2008 às 18:24

O presidente da SAD do Boavista, Álvaro Braga Júnior, explicou esta quarta-feira em conferência de imprensa que o clube recebeu notas de culpa por alegada coacção consumada sobre as equipas de arbitragem nos jogos Benfica-Boavista (3-2), Belenenses-Boavista (1-1) e Boavista-Académica (0-0), todos da época 2003/04. Caso se comprove a culpa dos factos, o Boavista pode ser punido com a descida de divisão.

João Loureiro era presidente da SAD na altura dos factos. O antigo dirigente do Boavista é acusado nos dois primeiros processos, incorrendo numa pena de suspensão por um período de um a oito anos e uma multa entre os 2500 e os 25 mil euros.

Álvaro Braga Júnior adiantou que o clube está a preparar a sua defesa. Os processos relativos àqueles jogos tinham já sido arquivados pelo Ministério Público, no âmbito da justiça civil, um dos quais já durante a liderança de Maria José Morgado da investigação ao ‘Apito Dourado’.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)