Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

Árbitro que dirigiu jogo do FC Porto ameaçado

Juiz da partida de sábado foi criticado por penálti.
31 de Outubro de 2016 às 11:58
João Pinheiro, Vitória de Setúbal, FC Porto, Facebook, Record, presidente da Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol, Luciano Gonçalves, Vasco Fernandes, jogador do FC Porto, APAF, desporto, futebol
João Pinheiro, Vitória de Setúbal, FC Porto, Facebook, Record, presidente da Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol, Luciano Gonçalves, Vasco Fernandes, jogador do FC Porto, APAF, desporto, futebol FOTO: Luís Manuel Neves

João Pinheiro, o árbitro que dirigiu o jogo entre Vitória de Setúbal e FC Porto no passado sábado, recebeu diversas ameaças via Facebook e telemóvel. 

A notícia está a ser avançada pelo jornal desportivo Record, que falou sobre o tema com o presidente da Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF), Luciano Gonçalves. 

"Nenhum árbitro gosta de passar um fim de semana como aquele que o João Pinheiro passou. Recebeu mensagens no Facebook e por telemóvel com ameaças. Nenhum ser humano gosta de passar por isso", disse.

O árbitro foi, igualmente, criticado publicamente pelos Dragões que, uma hora após o jogo, utilizou a sua página oficial no Facebook para se queixar da arbitragem. "Vasco Fernandes derruba Otávio. O árbitro João Pinheiro transforma um penálti claro em cartão amarelo para o jogador do FC Porto", é dito.

A atitude do FC Porto foi criticada pela APAF, que considera que "não há razões para um clube reagir desta forma". 

"A crítica faz parte do jogo. Mas uma coisa é levantar questões sobre um lance de jogo e um eventual erro, outra, bem diferente, é questionar a seriedade e a honestidade das pessoas", salienta o dirigente, citado pela Record. 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)