Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

Arguidos pedem nulidade de 16 mil escutas

A maioria dos arguidos no processo Apito Dourado de Gondomar pediu a nulidade das provas obtidas a partir de 16 mil escutas telefónicas, realizadas ao longo de sete meses e meio.
28 de Janeiro de 2007 às 11:38
A defesa alega que as escutas foram realizadas à margem da lei, segundo avança este domingo a rádio 'TSF'.
O processo vai a debate instrutório na terça-feira, cerca de um ano depois da conclusão da acusação, realizada a 31 de Janeiro de 2006.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)