Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
4

ASAE localizou 30 toneladas de carne contaminada

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) já localizou as 30 toneladas de carne de porco proveniente da Irlanda, que poderia estar contaminada com dioxinas, mas alguma poderá já ter sido consumida.
9 de Dezembro de 2008 às 14:32
O ministro da Agricultura assegurou que a carne consumida é de qualidade
O ministro da Agricultura assegurou que a carne consumida é de qualidade FOTO: d.r.

Segundo o director de operações da ASAE, Pedro Picciochi, das 30 toneladas importadas já foram apreendidas até ao momento 21. Catorze toneladas de carne foram localizadas numa fábrica em Cernache, perto de Coimbra. Outras seis já tinham sido encontradas ontem numa empresa de Vila do Conde.

No entanto, o responsável admitiu que apesar de a carne já ter sido localizada, 'há alguma probabilidade de não se conseguir recolher toda' e de alguma já ter sido consumida. Picciochi recomentou que os portugueses se abstenham de comer carne de porco importada da Irlanda, mas não outra.  

Pedro Sameiro Sousa, da Ordem dos Veterinários, garantiu que as quantidades em causa não colocam a saúde pública em risco. Igual discurso teve o ministro da Agricultura, Jaime Silva, que assegurou que “os portugueses podem estar tranquilos. A carne que está no mercado é de qualidade e não é carne importada da Irlanda”.

Portugal produz 65 por cento da carne de porco consumida anualmente. Os restantes 35 por cento são importados maioritariamente de Espanha.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)