Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
3

Associação denuncia descargas poluentes

S.O.S Rio Paiva pediu que a lei seja cumprida.
23 de Agosto de 2015 às 18:40
A Associação numa ação de limpeza no Rio Paiva
A Associação numa ação de limpeza no Rio Paiva FOTO: Direitos Reservados
A Associação S.O.S Rio Paiva denunciou este domingo a existência de descargas de substâncias poluentes de uma ETAR neste curso de água, classificado como área protegida, e pediu medidas urgentes para que a lei seja cumprida.

"Em Vila Nova de Paiva, o rio Paiva foi transformado num esgoto a céu aberto, devido às descargas poluentes da Estação de Tratamento de Águas Residuais [ETAR] diretamente no rio", refere a associação, em comunicado, recordando que continua o desenvolvimento de projetos turísticos nesta área, sem que estejam resolvidos os problemas de poluição.

Nos últimos meses, "temos visto muitas imagens que retratam a beleza do rio Paiva, mas o 'rio mais limpo da Europa' está seriamente ameaçado por descargas poluentes realizadas pelas autarquias a montante de Arouca: Castro Daire e Vila Nova de Paiva", critica a associação.

Em visita ao local, no sábado, a S.O.S. Rio Paiva "verificou que o cenário no troço do rio Paiva a jusante da ETAR continua igual, com cheiros nauseabundos", tendo comunicado a situação ao Serviço de Protecção da Natureza da GNR e demais autoridades.


Associação S.O.S Rio Paiva Vila Nova de Paiva Paiva Estação ambiente ETAR
Ver comentários