Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
1

Atuais acionistas da Autoestradas do Douro Litoral acusam Brisa de ilegalidades

Financiadores da AEDL reivindicam o controlo da concessão rodoviária.
Lusa 4 de Abril de 2019 às 11:18
Estradas de Portugal, EP, Subconcessões rodoviárias, encargos, finanças, Transmontana, Douro Interior, Baixo Alentejo, Baixo Tejo, Litoral Oeste, Algarve Litoral, Pinhal Interior
Brisa
Arguido terá cometido crime relativo à OPA da Tagus Holding sobre ações da Brisa
Estradas de Portugal, EP, Subconcessões rodoviárias, encargos, finanças, Transmontana, Douro Interior, Baixo Alentejo, Baixo Tejo, Litoral Oeste, Algarve Litoral, Pinhal Interior
Brisa
Arguido terá cometido crime relativo à OPA da Tagus Holding sobre ações da Brisa
Estradas de Portugal, EP, Subconcessões rodoviárias, encargos, finanças, Transmontana, Douro Interior, Baixo Alentejo, Baixo Tejo, Litoral Oeste, Algarve Litoral, Pinhal Interior
Brisa
Arguido terá cometido crime relativo à OPA da Tagus Holding sobre ações da Brisa

Os atuais acionistas e financiadores da AEDL -- Auto-Estradas de Douro Litoral acusaram esta quinta-feira os anteriores acionistas, liderados pela Brisa, de terem praticado "um conjunto de atos ilegais" e reivindicam o controlo da concessão rodoviária.

Num comunicado divulgado esta quinta-feira, os fundos de investimento referem que "tomaram conhecimento, pela cobertura dos media, de um conjunto de atos ilegais praticados pelos anteriores acionistas da AEDL, que têm sido liderados pela Brisa -- Auto-Estradas de Portugal, S.A. ("Brisa"), e que incluem igualmente a Teixeira Duarte -- Engenharia e Construções, S.A., a Zagope -- Construções e Engenharia, S.A., a Alves Ribeiro, S.A., a Tâmega Engineering, S.A., a BGI -- Brisa Gestão de Infraestruturas, S.A. e a Brisa O&M, S.A".

Na quarta-feira, a Brisa anunciou que os acionistas da AEDL tinham decidido na terça-feira em assembleia-geral "repor em funções, com efeitos imediatos", os anteriores membros do Conselho de Administração da concessionária, "restabelecendo-se assim a situação de normalidade necessária ao adequado funcionamento da infraestrutura rodoviária concessionada".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)