Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
8

Aumento do salário mínimo não prejudicou competitvidade economia Portugal - S&P

Lusa 17 de Março de 2018 às 00:15

A competitividade dos bens e serviços de Portugal, aferida pelo custo salarial horário, não foi enfraquecida pelos "aumentos consecutivos" do salário mínimo, considerou hoje a Standard & Poor's (S&P), em análise à economia portuguesa.

Para justificar esta sua posição, a S&P mencionou a existência de algumas medidas que compensaram parte dos custos adicionais para os empregadores e recordou que "o custo da hora de trabalho em Portugal permanece em 54% da média da Zona Euro".

A S&P manteve hoje a nota de Portugal em BBB-, a nota mínima do escalão de investimento, com perspetiva estável.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)