Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
3

Aumento recorde das desigualdes e empregos precários nos países da OCDE

Lusa 21 de Maio de 2015 às 11:56

Mais de metade dos empregos criados nos últimos 18 anos são a tempo parcial, contratos a termo ou trabalho independente, conclui um estudo que analisa as desigualdades nos países da OCDE e em várias economias emergentes.

O estudo, apresentado hoje em Paris, assinala também que a desigualdade nos rendimentos atingiu níveis recorde na maioria dos 34 países que integram a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Económico (OCDE) e mantém-se em níveis ainda mais elevados em várias economias emergentes, como a China ou a Rússia.

Atualmente, na zona OCDE, os 10 por cento mais ricos têm rendimentos 9,6 vezes superiores aos 10 por cento mais pobres, proporção que era de 7,1 na década de 1980 e de 9,1 nos anos 2000.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)