Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
2

Austeridade em Portugal "neutralizou em parte" efeitos positivos das reformas - DIW

Lusa 22 de Fevereiro de 2017 às 14:36

Um estudo de um instituto económico alemão conclui que os cortes aplicados em Portugal, Espanha e Itália "neutralizaram em parte" os efeitos positivos das reformas estruturais e afundaram as economias em recessões duplas.

O documento do Instituto de Investigação Económica alemão (DIW) considera que "uma combinação de políticas mais equilibrada" teria sido mais benéfica para os países atingidos pela crise da dívida.

"As medidas de austeridade e de subidas de impostos aplicadas a partir de 2010 não reduziram a dívida soberana em Portugal, Espanha e Itália como estava previsto", refere o estudo.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)