Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
7

Autoridades angolanas impotentes para travar destruição de culturas por elefantes

As autoridades angolanas anunciaram estar sem meios para conseguir combater a destruição de culturas provocada por manadas de elefantes na província do Cuanza Norte, situação que se repete em vários outros pontos do país.
8 de Julho de 2014 às 20:16

A posição é assumida pelo diretor provincial de Agricultura, Desenvolvimento Rural e Pescas no Cuanza Norte, Fernando Mesquita, face a novos relatos de destruição de culturas por manadas de elefantes em Golungo Alto, o que está a motivar o receio de fome na população, devido à devastação provocada na agricultura local.

"Nós não conseguimos ter um controlo desses animais, também temos escassez de meios, principalmente humanos", admitiu Fernando Mesquita, numa declaração emitida esta terça-feira pela rádio pública angolana.

Angola elefantes
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)