Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

AVIÃO COM 148 PESSOAS A BORDO CAI NO MAR VERMELHO

Um avião de uma companhia aérea egípcia despenhou-se este sábado com 148 passageiros a bordo. De acordo com as autoridades o desastre ocorreu quando o avião acabava de descolar rumo ao Cairo acabando por precipitar no Mar Vermelho. Não há sobreviventes.
3 de Janeiro de 2004 às 11:35
O avião transportava 135 franceses e treze egípcios, incluindo os seis membros da tripulação. O aparelho, propriedade da companhia privada egípcia Flash Air, descolara da estação balnear de Charm el-Cheik com destino a Paris, fazendo escala na capital egípcia do Cairo.
O avião desapareceu dos ecrãs do radar do aeroporto do Cairo às 04h44 locais (02h44 em Lisboa), alguns minutos depois de ter levantado voo. Uma falha técnica é apontada como a possível causa deste trágico acidente aéro.
Entretanto o ministro da Justiça francês, Dominique Perben, pediu, sábado, à procuradoria geral de Bobigny, perto de Paris, para abrir um inquérito judicial por homicídio involuntário após o acidente aéreo no Mar Vermelho. O governo francês já disponibilizou todo o apoio às famílias da vítimas.
Este acidente aéreo é a segunda maior tragédia da aviação na história do Egipto, na última década. O maior acidente alguma vez registado aconteceu no dia 31 de Outubro de 1999, quando morreram os 217 ocupantes de um Boeing 767 da companhia aérea EgyptAir, que caiu no Atlântico, frente à costa de Massachusetts (nordeste dos Estados Unidos), pouco depois de descolar do aeroporto nova-iorquino com destino ao Cairo.
Ver comentários