Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
7

Banca alemã não acredita que medidas do BCE impulsionem crédito no sul da Europa

Bancos só concedem crédito quando as empresas cumprem determinadas condições.
26 de Junho de 2014 às 12:44

O presidente da Federação de Bancos Alemães, Michael Kemmer, não acredita que as diversas medidas adotadas no início do mês pelo Banco Central Europeu (BCE) impulsionem o crédito no sul da Europa.

"Duvidamos que as generosas injeções de liquidez sirvam para superar os problemas de crédito na periferia", afirmou Kemmer, durante um encontro com a imprensa estrangeira em Berlim.

"A liquidez não é escassa, o que se passa é que créditos nocivos e altos riscos das empresas desses países levam à adoção de uma prática restritiva", adiantou.

Segundo Kemmer, os bancos só concedem crédito quando as empresas cumprem determinadas condições que reduzem os riscos.

"Se uma empresa não tem essas condições, os bancos não lhes concederão crédito por mais liquidez que disponham", explicou.

Federação de Bancos Alemães Michael Kemmer Banco Central Europeu BCE
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)