Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
7

Barclays vende negócios em Portugal ao espanhol Bankinter

Operação está sujeita ainda a aprovação dos reguladores.
Lusa 2 de Setembro de 2015 às 19:48
A sede do Barclays é no Palácio Sottomayor, em Lisboa
A sede do Barclays é no Palácio Sottomayor, em Lisboa FOTO: João Santos

O Barclays anunciou esta quarta-feira que vendeu os seus negócios em Portugal ao espanhol Bankinter, incluindo a unidade banca de retalho, e este revelou o montante do negócio, que ronda os 100 milhões de euros.

"O Barclays Bank acordou hoje a venda dos seus negócios de Retail Banking, Wealth and Investment Management e a parte do seu negócio de Corporate Banking, que serve pequenas e médias empresas em Portugal, ao Bankinter", lê-se no comunicado de imprensa, que dá ainda conta que também o negócio de seguros vai passar para este grupo espanhol.

O Barclays refere ainda que, apesar da venda conhecida esta quarta-feira, vai manter os negócios de Barclaycard (cartões de crédito), da banca de investimento e dos clientes multinacionais de banca para empresa, que não fazem parte desta alienação.

Instituição espanhola confirmou a aquisição

O Bankinter informou que vai pagar cerca de 100 milhões de euros pela aquisição da operação do Barclays em Portugal, que inclui os segmentos de banca de retalho, banca privada e banca de empresas.

O banco espanhol adiantou, em comunicado, que o negócio de retalho do Barclays Portugal integra uma carteira de créditos de 4.881 milhões de euros, 2.936 milhões de euros em ativos geridos em contas extrapatrimoniais, uma rede de 84 balcões, uma equipa de mil colaboradores e 185 mil clientes, dos quais 20.300 são empresas.

O negócio também incluiu os seguros de vida e pensões em Portugal, com a Bankinter Seguros de Vida, empresa controlada em 50% pelo Bankinter e pela Mapfre, a adquirir a operação em Portugal do Barclays, por 75 milhões de euros. A sucursal portuguesa do Barclays Vida y Pensiones, que gere mais de mil milhões de euros em ativos, obteve 150 milhões em prémios e 12,7 milhões de euros de lucro líquido em 2014. 

A operação está sujeita ainda a aprovação dos reguladores e o Barclays espera que se concretize no primeiro trimestre do próximo ano.



Barclays Portugal venda Bankinter economia negócios e finanças serviços financeiros banca
Ver comentários