Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
8

Barroso discute direitos humanos na China

Na visita que vai realizar a Pequim, nos próximos dias 24 e 25 de Abril, o presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, pretende discutir com o primeiro-ministro chinês, Wen Jiabao, a resposta violenta das autoridades chinesas aos protestos do Tibete, revelou à imprensa um diplomata europeu que pediu anonimato.
21 de Abril de 2008 às 08:52
Durão Barroso apelou à refexão
Durão Barroso apelou à refexão FOTO: D.R.

Um comunicado da representação da União Europeia em Pequim refere igualmente que “serão também discutidas as questões relacionadas com os direitos humanos e a liberdade de expressão”. “A Comissão Europeia sempre manteve um diálogo muito franco sobre estes assuntos. Os recentes acontecimentos no Tibete são ainda mais uma razão para que se fale sobre eles”, assinala o documento.

Em Março, por ocasião do aniversário da tentativa de revolução falhada de 1959,registaram-se na capital tibetana, Lassa, fortes manifestações contra a administração da China no Tibete. Os protestos rapidamente se espalharam a outras províncias, culminando em violência e originando um número indeterminado de mortes.

 

Na reunião entre os governantes chineses e a representação europeia serão ainda discutidos temas como cooperação económica, ambiente e desenvolvimento sustentável.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)