Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto

BE: Dados são consagração de que dívida é insustentável e urge reestruturá-la

Bloco de Esquerda afirma que os dados divulgados pelo Banco de Portugal provam que Portugal não está a ter nenhuma consolidação orçamental.
22 de Maio de 2014 às 19:40

BE considerou que os dados da dívida pública, conhecidos esta quinta-feira, são a consagração de que esta é insustentável e urge reestruturá-la, destacando que o aumento no primeiro trimestre do ano equivale ao que se gasta com o SNS.

A dívida pública portuguesa subiu para os 132,4% do Produto Interno Bruto (PIB) no final do primeiro trimestre, acima dos 129% registados no final de 2013, segundo o Banco de Portugal.

"São a prova de que não só não estamos a ter nenhuma consolidação orçamental como nenhuma das metas do memorando está a ser cumprida e portanto a consagração daquilo que temos dito há muito tempo: esta dívida é insustentável", reagiu aos jornalistas, em Coimbra, a cabeça de lista do BE às eleições europeias, Marisa Matias.

Ver comentários