BE diz que há "indícios" de haver estágios profissionais não remunerados no Estado

Por Lusa|27.05.17
  • partilhe
  • 0
  • +

O deputado do Bloco de Esquerda (BE), José Soeiro, denunciou hoje que há "indícios" de que existem estagiários não remunerados em funções permanentes num organismo do Estado e classifica que é "inaceitável" e "ilegal" caso seja verdade.

"Há claramente indícios de que estão a ser utilizados estagiários para funções que parecem ser funções permanentes do funcionamento regular daquele organismo [Centro Jurídico da Presidência do Conselho de Ministros (CEJUR)]. Há também uma referência a estágios profissionais não remunerados, foi isso que foi divulgado e isso é ilegal, e portanto, enfim, estamos à espera de saber como funciona, de ouvir os argumentos do Governo", declarou o bloquista hoje em Vila Nova de Gaia, Porto.

O CEJUR abriu uma nova unidade com o objetivo de avaliar o impacto das leis e que é maioritariamente constituída por estagiários", lê-se hoje no Diário de Notícias.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!