Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
5

Bebé raptada acolhida em instituição

O Tribunal de Família e Menores de Coimbra decidiu ordenar o acolhimento provisório numa instituição da Segurança Social da bebé de sete meses que estava à guarda do avô materno, em Santa Clara, de onde foi raptada segunda-feira pela mãe, uma jovem de 16 anos que exige criar a filha.
9 de Janeiro de 2008 às 13:42
Segundo foi revelado esta quarta-feira por uma fonte do tribunal, a decisão foi tomada ontem, depois de elementos da Polícia Judiciária terem resgatado a criança à mãe na noite de segunda-feira e de a terem entregue à Segurança Social.
Com esta medida provisória, que pode ser revista a qualquer momento, após esclarecida a situação, o tribunal pretende acautelar a segurança da criança. Mais tarde, após as averiguações necessárias, será avaliada a eventual aplicação de uma medida definitiva.
Conforme o ‘CM’ noticiou, a bebé foi levada de casa do avô materno segunda-feira, depois de a menina e dois indivíduos terem estado no Instituto de Medicina Legal de Coimbra a fazer exames para se apurar qual dos dois era o pai da criança. No rapto intervieram a mãe da criança e dois homens.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)