Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

BES: Bruxelas impõe política de preços prudente a Novo Banco para evitar práticas agressivas

6 de Agosto de 2014 às 16:10

A "política prudente de preços" imposta ao Novo Banco pretende evitar a adoção de "práticas comerciais agressivas" pela instituição liderada por Vítor Bento, garantindo-se que não são praticados juros acima da média do mercado, segundo fonte da Comissão Europeia.

"A política prudente de preços pretende assegurar que o 'bridge bank' [banco de transição] não adota práticas comerciais agressivas, garantindo que não vai praticar preços nos depósitos acima da média do mercado (para evitar uma guerra de preços dos depósitos) e também que não vai conceder crédito ou outros empréstimos abaixo da média do mercado", disse em declarações à Lusa o porta-voz da Comissão Europeia Simon O'Connor.

Já no domingo à noite Bruxelas tinha afirmado que a instituição liderada por Vítor Bento ia ficar sob uma política prudente de preços. Reconhecendo que uma "resolução desordeira do BES podia criar sérios distúrbios à economia portuguesa", a Comissão Europeia afirmou que a criação de um banco de transição "é a forma apropriada de remediar essa situação".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)