Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
1

BOMBEIROS PREOCUPADOS COM SEGURANÇA

A Associação Nacional de Bombeiros Profissionais demonstra uam enorme preocupação para a organização da segurança para os eventos realizados em Portugal, nomeadamente o Euro e o Rock in-Rio. Num encontro com o ministro da Administração Interna , revelaram uma enorme apreensão com os eventos que se avizinham.
9 de Março de 2004 às 16:45
Segundo o presidente da ANBP, Fernando Curto, "as câmaras não salvaguardaram a saída de efectivos" que se reformaram aquando a junção do Serviço Nacional de Bombeiros com o Serviço Nacional de Protecção Civil. Fernando Curto refere que só em Lisboa saíram cerca de 280 bombeiros e no Porto 250 - tendo as corporações ficado reduzidas a 750 e 250 homens, respectivamente.
"É necessário criar uma política de intervenção imediata no socorro às situações", o que passa por homens e meios disponíveis, afirmou o presidente da associação, acrescentado que "é necessário deslocar equipas com facilidade e saber quem mobiliza quem", um dos problemas que os bombeiros enfrentaram nos incêndios de 2003.
“A questão do Euro 2004 tem que ver com a falta de efectivos e com o desconhecimento que os bombeiros que os bombeiros têm da situação. Quando se fala de segurança, fala-se em hooligans, no INEM e ninguém se lembra dos bombeiros e vamos ter três eventos importantes no país. Se houver o azar do 'inferno' de 2003, a situação fica complicada e o que queremos é participar no socorro”, disse Fernando Curto, à TSF.
Os soldados da paz mostram-se ainda apreensivos com a segurança dos estádios para o Euro 2004, referindo que, em Lisboa, ainda não conhecem os estádios da Luz e o Alvalade XXI, nem o plano municipal de emergência de Lisboa.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)