Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
8

BOVE EM ROMARIA ATÉ À PRISÃO

O mediático agricultor francês Jose Bove, símbolo do movimento anti-globalização, liderou hoje um comboio de tractores até uma prisão de Montpellier, onde vai cumprir uma pena de três meses.
19 de Junho de 2002 às 19:52
Um longa fila de tractores, acompanhada por veículos policiais e de órgãos de comunicação social, efectuou uma autêntica excursão por estradas rurais do Sul da França, a ritmo lento, para levar Bove até à prisão.

O agricultor chegou ao estabelecimento com oito horas de atraso em relação à hora a que se devia ter apresentado, 08h30 (07h30 de Lisboa).

Bove esgotou todos os recursos para contestar a condenação de três meses de prisão, decidida em 1999, por ter danificado um restaurante McDonald’s ainda em construção, durante um protesto contra a política comercial norte-americana.

As autoridades francesas adiaram o início do cumprimento da pena até depois das eleições presidenciais e legislativas.

Bove já passou 19 dias na prisão e poderá ter de estar enclausurado apenas mais 40 dias, se for bem comportado dentro do estabelecimento.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)