Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
8

Brasil: EX-PR Collor de Melo acusado de 30 crimes de corrupção e 376 de lavagem de dinheiro

Lusa 21 de Outubro de 2016 às 02:00

O ex-Presidente brasileiro Fernando Collor de Melo foi acusado pela Procuradoria-Geral da República (PGR) de ter cometido 30 crimes de corrupção passiva, 376 de lavagem de dinheiro e 48 de peculato.

Segundo as investigações, pelo menos entre 2010 e 2014, mais de 29 milhões de reais (8,45 milhões de euros) em subornos foram pagos ao agora senador relativos a dois contratos da BR Distribuidora, subsidiária da petrolífera estatal Petrobrás, empresa no centro da Operação Lava Jato, que investiga o maior escândalo de corrupção da história do país.

Numa nota da PGR, divulgada na quinta-feira, em causa estão "um contrato de troca de bandeira de postos de combustível celebrado entre a BR Distribuidora e a empresa Derivados do Brasil" e "contratos de construção de bases de distribuição de combustíveis firmados entre a BR Distribuidora e a UTC Engenharia".