Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
4

Brasil: Líderes discutem crise internacional

A crise internacional dominou os discursos dos presidentes do Brasil, Lula da Silva, de França, Nicolas Sarkozy, e da Comissão Europeia, Durão Barroso, que esta segunda-feira se reuniram para o II Encontro Empresarial Brasil-União Europeia (UE).
22 de Dezembro de 2008 às 18:06
Lula da Silva é o anfitrião da cimeira entre Brasil e UE
Lula da Silva é o anfitrião da cimeira entre Brasil e UE FOTO: d.r.

“Partilhamos com o Brasil a convicção de que a actual crise reforça a necessidade de uma abordagem estratégica mundial da regulação económica”, disse Durão Barroso. O presidente da Comissão Europeia defendeu ainda que a UE e o bloco sul-americano Mercosul voltar às negociações para um acordo comercial e garantiu que a parceria estratégica com o Brasil vai conhecer um novo rumo nos próximos três anos.

Já Lula da Silva e Nicolas Sarkozy concordaram que o actual tempo de crise exige uma intervenção dos políticos. “Chegou a hora da política. A crise chama a atenção do mundo para discutir o papel que o Estado nacional tem que exercer na economia”, defendeu o presidente do Brasil.

No seu discurso, Sarkozy garantiu que “a política voltou ao mundo. E nós vamos sair da crise investindo mais, proibindo o proteccionismo e criando alianças entre nós. A UE quer trabalhar de mãos dadas com o Brasil”.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)