Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

Brasil: Movimentos trabalhistas ameaçam fazer greve geral se Dilma for destituída

Lusa 1 de Maio de 2016 às 22:23

Organizações trabalhistas e da sociedade civil que comemoraram hoje em São Paulo, no Brasil, o Dia do Trabalhador disseram que vão realizar protestos e até mesmo uma greve geral se a Presidente Dilma Rousseff for destituída.

A ideia foi defendida num palanque montado no Vale do Anhangabaú, no centro da cidade, no qual líderes da Central Unida dos Trabalhadores (CUT), da União Nacional dos Estudantes (UNE), do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) e de outros movimentos sociais discursaram para milhares de pessoas.

"Vamos parar o Brasil. Os golpistas [classificação dada por estes movimentos a quem é favorável à destituição da Presidente] não vão ter um minuto de sossego neste país", disse Guilherme Boulos, líder do MTST.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)