Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
5

Brexit: Juncker admite que risco de 'no deal' é "muito real"

Lusa 18 de Setembro de 2019 às 09:06

O presidente da Comissão Europeia defendeu hoje, no Parlamento Europeu, que um acordo para a saída do Reino Unido da União Europeia é "desejável e possível", embora tenha reconhecido que o risco de um 'Brexit' desordenado é real.

"Não ficarão surpresos ao saber que o primeiro-ministro nos disse que o Reino Unido continua a querer um acordo, mas também que aquele país sairá da União Europeia em 31 de outubro, com ou sem acordo", precisou Jean-Claude Juncker, revelando aos eurodeputados o conteúdo do seu encontro de segunda-feira com o líder do Governo britânico, Boris Johnson.

Para o presidente da Comissão Europeia, a posição britânica significa que "o risco de um 'no deal' permanece muito real". "Talvez seja essa a escolha do Governo do Reino unido, mas nunca será a escolha da UE. É por isso que prefiro concentrar-me no que podemos fazer para chegar a um acordo, um acordo que eu penso ser desejável e possível", sustentou.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)