Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
2

Bruno de Carvalho a favor da centralização dos direitos televisivos

"Estamos 110% a favor da centralização, mas se um clube sai, vem tudo abaixo"
Lusa 21 de Abril de 2016 às 12:55
O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho
O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho FOTO: Miguel Barreira

O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, manifestou-se hoje a favor da centralização dos direitos televisivos, lembrando que o clube de Alvalade se deve preocupar apenas consigo na luta pela sobrevivência e não contra Benfica e FC Porto.

"Estamos 110% a favor da centralização, mas se um clube sai, vem tudo abaixo. O Benfica fez um contrato e isto não é uma luta, é um colapso. Devemos lutar pela nossa sobrevivência, não entre os clubes," disse o presidente dos 'leões' quando questionado no II Congresso Internacional 'The Future of Football', organizado pelo Sporting e que termina hoje no Estádio José Alvalade.

Bruno de Carvalho garantiu que o clube "não vendeu tudo", aguardando pela "veracidade e legalidade", por parte das autoridades competentes, relativamente aos contratos assinados com as operadoras de televisão.

Bruno Carvalho referiu também que o contrato assinado com a NOS foi um passo a pensar no futuro, recordando que os números da época transata não iam ao encontro dos interesses do Sporting.

"Se queremos dar um passo em frente, não o podemos fazer com os valores apresentados na época passada, que eram muito baixos. Temos e devemos adotar uma visão coletiva, deixando a individual de parte", explicou.

A terminar, Bruno de Carvalho frisou que para se "ganhar competições é necessário pensar em grande" e isso não acontece porque "se pensa muito pequeno todos os dias no futebol português".

Sporting Bruno de Carvalho desporto futebol direitos televisivos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)