Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
7

Caça a suspeitos de actividades terroristas

A Polícia espanhola deteve, durante a madruga desta terça-feira, pelo menos 20 pessoas suspeitas de envolvimento em actividades de recrutamento e preparação de militantes islâmicos para serem enviados para combater no Iraque, revelou uma fonte policial.
10 de Janeiro de 2006 às 09:58
De acordo com a Imprensa espanhola, as detenções ocorreram em Madrid e em várias localidades da Catalunha e do País Basco, sendo que muitos dos suspeitos são de origem marroquina. Entre os detidos, encontra-se o imã de uma mesquita.
Segundo fontes ligadas à investigação, as detenções registaram-se em três casas de Madrid e nas localidades de Saint Boix de Llobregat e Vilanova, na Catalunha, na região nordeste de Espanha, e também em Tolosa, no País Basco, também no Norte de Espanha.
Fontes citadas pelos media espanhóis revelaram que o grupo desarticulado em Barcelona é responsável pelo envio do suicida que perpetrou o ataque contra uma base militar italiana em Nassíria, no sul do Iraque, a 12 de Novembro de 2003, no qual morreram 18 soldados italianos.
Esta operação anti-terrorismo é a segunda lançada em menos de um mês. No ano passado, as autoridades espanholas detiveram cerca de 90 suspeitos de ligações ao terrorismo islamista, entre os quais 16 alegados membros de um grupo dedicado ao recrutamento e preparação de ‘mujahidines’ (combatentes islâmicos) para serem enviados para o Iraque, presos no passado dia 19 de Dezembro.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)