Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

Câmara da Maia acusa direções gerais de Saúde e do Ambiente de "deslealdade"

Lusa 14 de Março de 2017 às 12:40

O vice-presidente da Câmara da Maia acusou hoje as direções gerais de Saúde e do Ambiente de "falta de bom senso institucional" e "deslealdade" por não terem comunicado à autarquia a existência de legionela numa fábrica do concelho.

"Ser brando é dizer que há uma falta de bom senso institucional, uma deslealdade mesmo, em não nos comunicarem" a existência de pelo menos um caso confirmado de "doença dos legionários" e sobre mais sete outros casos que estão em análise, disse António Silva Tiago.

Em declarações aos jornalistas, o autarca afirmou que, até final da manhã, não foi possível contactar formalmente a Direção Geral de Saúde para poder "ajudar a resolver e a debelar os problemas que possam existir, embora a autarquia não tenha responsabilidade direta sobre este tipo de problemas, que é um problema de saúde pública".

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)