Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto

Câmara do Porto quer centro histórico pedonal de forma "gradual"

27 de Março de 2014 às 12:50

Dez ruas do centro histórico do Porto passam a ser pedonais na segunda-feira, iniciando um processo que a Câmara quer gradualmente aplicar a toda aquela zona, nomeadamente para estimular o comércio, revelou hoje à Lusa fonte da autarquia.

"Este é um processo gradual para todo o centro histórico. O que a Câmara quer é deixar dois ou três eixos estruturantes abertos e, dentro do possível, vedar tudo o resto ao trânsito", adiantou a mesma fonte, referindo a intenção de estimular o comércio local e a utilização do transporte público.

Para já, os largos dos Lóios e de S. Domingos, as ruas das Flores, de Afonso Martins Alho, do Ferraz, da Ponte Nova, de Sousa Viterbo são as ruas que passam a estar vedadas ao trânsito, a par da rua de Trás (entre a rua Nicolau Nasoni e o largo dos Lóios), a rua dos Caldeireiros (entre a rua Nicolau Nazoni e a das Flores) e a rua Estreita do Lóios.

Ver comentários