Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
2

Câmara da Covilhã diz que auditoria revelou passivo de 150 milhões de euros

Dívida foi contraída durante o mandato do presidente anterior
Lusa 3 de Outubro de 2014 às 16:47
Atual autarca pediu uma auditoria externa às contas do município
Atual autarca pediu uma auditoria externa às contas do município FOTO: Edgar Martins

A Câmara da Covilhã tinha a 30 de setembro de 2013 uma dívida global superior a 150 milhões de euros, revelou hoje o atual presidente do executivo, citando as conclusões de uma auditoria externa realizada às contas do município.

De acordo com Vítor Pereira (PS), os auditores concluíram que, à data das eleições autárquicas, o passivo reconhecido pelo município covilhanense era de 126,5 milhões de euros. A esse valor acrescem ainda cerca de 16 milhões de euros relativos à dívida que não estava assumida contabilisticamente - relacionada com pagamentos de indemnizações e outras questões - bem como o passivo das empresas municipais, que ronda os 9,2 milhões de euros.

"É um número, no mínimo, astronómico e colossal, fruto da má definição de prioridades, da ausência de uma estratégia de desenvolvimento para o concelho e de uma prioridade mal estabelecida, em que se optou por sobrepor ao interesse comum o interesse eleitoral e a garantia da reeleição", afirmou o autarca, em declarações à agência Lusa.

Câmara da Covilhã Vítor Pereira Contas Passivo
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)