Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
4

Campanha anticorrupção na China já 'abateu' 56

O número foi divulgado a propósito do mais recente 'tigre' denunciado pelas autoridades.
Lusa 23 de Dezembro de 2014 às 09:51
 Ling Jihua "está a ser investigado por suspeita de grave violação da disciplina"
Ling Jihua 'está a ser investigado por suspeita de grave violação da disciplina' FOTO: Jason Lee/Reuters

Mais de 56 responsáveis com o estatuto de vice-ministro ou superior já foram 'abatidos' no âmbito na campanha anticorrupção lançada há dois anos pela nova liderança comunista da China, disse esta terça-feira um jornal do Partido Comunista Chinês.

O número foi divulgado a propósito do mais recente 'tigre' denunciado pelas autoridades, o vice-presidente da Conferência Política Consultiva do Povo Chinês e membro do Comité Central do PCC, Ling Jihua.

Ex-diretor do Comité Central do PCC, associado ao antigo presidente Hu Jintao, Ling Jihua "está a ser investigado por suspeita de grave violação da disciplina", anunciou a Comissão Central de Controlo e Disciplina na segunda-feira à noite.

Depois de assumir a chefia do PCC, em novembro de 2012, o atual presidente, Xi Jinping, disse que o combate à corrupção visaria "as moscas" mas também "os tigres", numa alusão aos quadros dirigentes que pareciam estar acima da lei.

O maior 'tigre' preso até agora foi o antigo ex-chefe da Segurança Zhou Yongkang, o primeiro ex-membro do Comité Permanente do Politburo do PCC, a cúpula do poder, acusado de corrupção.

A lista dos "mais de 56 responsáveis abatidos" inclui um antigo vice-presidente da Comissão Militar Central, o general Xu Caihuo, que chegou a ser o 'número dois' das Forças Armadas chinesas.

China corrupção
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)