Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
4

Carapau, tamboril e areeiro capturados a nível sustentável nas águas ibéricas

Quotas não deverão sofrer reduções em 2015.
26 de Junho de 2014 às 13:22

As quotas de carapau, tamboril e areeiro não deverão sofrer reduções em 2015, depois de um relatório de Bruxelas, hoje divulgado, ter considerado que estas espécies não são alvo de sobrepesca nas águas ibero-atlânticas.

O relatório considera ainda que as unidades populacionais de pescada melhoraram - a espécie foi alvo de um plano de recuperação -, mas a sustentabilidade a longo prazo ainda poderá estar em risco.

O documento está já disponível para que as partes interessadas apresentem os seus pontos de vista através de uma consulta pública em linha, antes de a Comissão Europeia avançar com uma proposta para as possibilidades de pesca para 2015, durante o outono.

Segundo Bruxelas, no Mar Negro, todas as espécies de peixes de fundo e 33% das unidades populacionais pelágicas são objeto de sobrepesca.

Já no Atlântico Nordeste, incluindo o mar Báltico e os mares do Norte, a sobrepesca caiu de 86% das unidades populacionais (30 das 35 unidades avaliadas) em 2009 para 41% (19 de um total de 46 unidades populacionais) em 2014.

Bruxelas quotas carapu tamboril areeiro pesca
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)