Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
8

Carmona admite recandidatura

O presidente demissionário da Câmara Municipal de Lisboa (CML), Carmona Rodrigues, está a reconsiderar uma eventual recandidatura ao município, na sequência do adiamento das eleições intercalares para o dia 15 de Julho. A decisão deverá ser revelada segunda-feira.
19 de Maio de 2007 às 17:55
Carmona Rodrigues anunciou na quinta-feira, quando as eleições estavam ainda previstas para o dia 1 de Julho, que não se recandidataria à autarquia lisboeta, por não ter “condições”, apontando como um dos principais motivos a escassez de tempo para preparar uma lista e uma candidatura.
“Saí hoje (quinta-feira) da Câmara de Lisboa e tive de trabalhar até ao último dia. O prazo apresentado corta muito as pernas a uma candidatura independente”, criticou, na altura, o antigo edil da capital.
Apesar desta decisão, os apoiantes de Carmona Rodrigues conseguiram reunir até quinta-feira cerca das 2.500 das 4 mil assinaturas necessárias para que um candidato independente possa avançar, tendo a candidatura ‘Lisboa com Carmona’ chegado a ser registada junto do Registo Nacional de Pessoas Colectivas, com o slogan ‘Lisboa é o meu partido’, uma expressão utilizada pelo ex-presidente no seu discurso de quinta-feira.
Recorde-se que Carmona Rodrigues candidatou-se como independente pelas listas do PSD nas eleições autárquicas de Outubro de 2005.
Ver comentários