Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
1

Caso Mateus: Finlândia-Portugal não está em perigo

Gilberto Madaíl garantiu esta quinta-feira, no final de uma reunião com a FIFA, que o 'caso Mateus' não coloca em causa a realização do encontro da selecção na Finlândia, de apuramento para o Euro’2008.
31 de Agosto de 2006 às 18:27
O presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) deslocou-se a Zurique, na Suíça, para dar uma explicação do 'caso Mateus' aos responsáveis da FIFA e dar a conhecer as diligências que o organismo português tem realizado sobre o assunto.
"A FIFA considera muito grave esta situação. Esgotámos tudo o que estava al alcance da federação. Vamos aguardar a decisão da FIFA", disse Gilberto Madaíl.
Depois de o Gil Vicente ter recorrido de uma questão desportiva para os tribunais civis, a FIFA alertou a FPF para as consequências dessa acção, que podem passar pela suspensão dos clubes e selecções portuguesas das competições internacionais.
Gilberto Madail, que deverá regressar ainda hoje a Lisboa, vai encontrar-se amanhã, às 10h30, na sede da Secretaria de Estado da Juventude e do Desporto, com o responsável Laurentino Dias, para analisar o 'caso Mateus', encontro para o qual também foi convocado o presidente da Liga de Clubes, Valentim Loureiro.
"TODA A GENTE SABE QUEM PATROCINOU A LIGA"
"Toda a gente sabe que esta Liga não teve o meu apoio, toda a gente sabe quem a apoiou, quem lá pôs o director executivo, Cunha Leal, quem lá pôs o Conselho de Disciplina, quem patrocinnou a Liga de uma ponta a outra. São os que vêm agora dizer que é preciso regenerar e tirá-los de lá", disse Pinto da Costa em reacção aos desenvolvimentos deste caso. Sem querer adiantar mais pormenores sobre a polémica, o presidente do FC Porto acrescentou: "Felizmente, não tenho nada a ver com este caso, que é um autêntico caos. Desta vez, por mais que queiram, não conseguem envolver o meu nome."
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)