Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
5

Caso Finantia: Tribunal da Supervisão confirma condenação do BdP mas reduz coimas

Tribunal reduz o valor das coimas aplicadas pelo Banco de Portugal há um ano.
Lusa 12 de Maio de 2015 às 15:18
O presidente do Finantia e da Finantipar, António Guerreiro, tinha sido condenado a uma coima de 330.000 euros
O presidente do Finantia e da Finantipar, António Guerreiro, tinha sido condenado a uma coima de 330.000 euros FOTO: D.R.

O Tribunal da Concorrência, Regulação e Supervisão confirmou esta terça-feira a condenação do Banco Finantia, da Finantipar, de quatro administradores e de um diretor, mas reduziu o valor das coimas aplicadas pelo Banco de Portugal (BdP) há um ano.

Na sentença do recurso da decisão administrativa, lida esta terça-feira, a juíza Marta Campos fez vários reparos à "enorme falta de responsabilidade" revelada pelos arguidos na forma como procuraram ocultar o impacto das perdas geradas pela depreciação de investimentos realizados entre 2006 e 2009 com produtos derivados.

A juíza considerou que o facto de a instituição financeira não ter sofrido danos económicos não diminui a responsabilidade de uma conduta com reflexos na confiança nas instituições financeiras e no sistema bancário no seu conjunto.

finantia caimão tribunal coimas banco de portugal
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)