Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
1

Governo regional da Catalunha instala 1.371 locais de voto

Desde quarta-feira que os cidadãos interessados em votar podem consultar em que locais o podem fazer.
Lusa 30 de Outubro de 2014 às 08:30
Sondagem divulgada esta semana considera que quase metade dos catalães (47,2%) afirma com certeza que votará
Sondagem divulgada esta semana considera que quase metade dos catalães (47,2%) afirma com certeza que votará FOTO: Albert Gea/Reuters

O Governo regional catalão continua a avançar nos preparativos para a realização do "processo participativo" de 9 de novembro, para o qual terá disponíveis 6.695 mesas de voto em 1.317 locais por toda a Catalunha.

Os preparativos decorrem ainda sem se conhecer os fundamentos de um eventual novo recurso do Governo espanhol, que o executivo deverá aprovar na sexta-feira - depois do parecer do Conselho de Estado que deve ser conhecido esta quinta-feira.

Desde o final da noite de quarta-feira que os cidadãos interessados em votar - não há cadernos eleitorais e basta apresentar o Bilhete de Identidade - podem consultar em que locais o podem fazer, visitando a página 'Participa2014.cat'.

Apenas os residentes nas autarquias de Pontons (Barcelona), Arres, Bausen e Canejan (Lérida) e Horta de Sant Joan (Tarragona) terão que se deslocar fora da sua zona de residência já que, quer em instalações regionais quer autárquicas haverá locais de voto em 942 dos 947 municípios catalães.

Autocarros disponibilizados

No caso de Horta de San Joan, por exemplo, onde vivem 1.200 pessoas, a Convergência e União (CiU), partido no Governo regional, já anunciou que disponibilizará autocarros para que quem queira ir votar o possa fazer na localidade próxima, de Gandesa.

Barcelonés é a comarca (das 41 da Catalunha) que terá mais locais de voto (186 com 1.772 mesas) e Alta Ribagorça (nos Pirinéus de Lérida) a comarca com menos: três locais e 4 mesas.

Dados definitivos do aparato logístico para a consulta alternativa de 9N - a original está suspensa pelo Tribunal Constitucional (TC) que aceitou um recurso do Governo - foram divulgados pelo Departamento de Governação e Relações Institucionais da Generalitat (o Governo regional).

O Governo regional informou igualmente que 40.930 pessoas, incluindo funcionários regionais, se voluntariaram para exercer várias tarefas relacionadas com o processo de voto, um número que duplicou as expectativas iniciais do Governo.

Este envolvimento da Generalitat no processo e o facto das perguntas do boletim de voto serem idênticas às da consulta original deverão ser, aliás, o fundamento de um novo recurso que o Governo espanhol deve aprovar sexta-feira.

Campanha pouco visível

Para já a campanha política não é muito visível, apesar de algumas pequenas ações pontuais, especialmente da CiU e da ERC, podendo estas ações aumentar nos próximos dias.

Uma sondagem divulgada esta semana pelo jornal catalão El Periodico considera que quase metade dos catalães (47,2%) afirma com certeza que votará e 16,8% dizem que provavelmente votarão.

Apesar disso, e feitas as ponderações necessárias, a participação real deverá, segundo esta sondagem, ser de entre 32 e 34% o que representaria cerca de dois milhões de catalães num censo de 6.300.000 de pessoas.

Conselho de Estado Governo Barcelona processo participativo
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)