Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
7

Cavaco não comenta Marcha da Indignação

O Presidente da República, Cavaco Silva, que se encontra em visita oficial ao Brasil, recusou este sábado comentar o protesto dos professores que está a decorrer em Lisboa, considerando que “não deve enviar mensagens” quando se encontra fora do País e recordando o seu apelo ao respeito pelo direito à manifestação.
8 de Março de 2008 às 17:14
Questionado pelos jornalistas sobre a manifestação dos professores contra as políticas governamentais, Cavaco Silva disse estar “a acompanhar a situação”, considerando, no entanto, que “não é a partir do Brasil que eu devo enviar mensagens sobre as questões internas do nosso País”.
O Presidente recordou ainda o apelo que fez, há poucos dias, aquando da sua visita os Pupilos do Exército, onde reiterou “o princípio constitucional do direito à manifestação, que compete a todos nós respeitar”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)